sexta-feira, 31 de julho de 2009

Neste final de semana...


Meninada!!! Passando pra deixar meu beijinho e dizer que aproveitem o findi, mas COM MODERAÇÃO!!!Rsrsrsrs...
Vamos que vamos!!!

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Flacidez e colágeno

Resolvi cair nas minhas pesquisas e eis que lembrei de algo importantíssimo pra nós, que após os 30 já possuem a lei da gravidade atuando em alta em nosso organismo...rsrsrs... O colágeno, que falando em "estética", faz bem pra muita coisa! Para o cabelo (elasticidade), paras as unhas (fortaleciment0), para as celulites (sustentação, elasticidade da pele)... Tudo de bom...
Mas ainda auxilia na perda de peso. Ele não emagrece, mas contribui muito:
"A utilização da gelatina em programas de redução de peso, substituindo ingredientes mais calóricos, é bastante indicada por ser um alimento que depois de preparado agrega grande quantidade de água e ajuda a dar sensação de saciedade. Além disso, é recomendável justamente porque fornece aminoácidos importantes para manter a pele elástica no processo de emagrecimento"...


Uma colaboração enorme para a pele do bumbum... magro sim... flácido?????

Informações: CORTICÓIDE...

Corticóides são hormônios produzidos pela glândula supra-renal. Sua produção é incentivada por um outro hormônio chamado de ACTH que é produzido na hipófise (glândula localizada na base do cérebro). Existem basicamente dois grandes grupos de corticóides: mineralocorticóides e glicocorticóides. Os primeiros têm uma função específica na regulação do volume de água do organismo através do controle da excreção e reabsorção do sódio nos rins. O segundo grupo tem amplas funções metabólicas e é esse grupo que será enfatizado nesse texto. Por isso, toda vez que for falado corticóide, leia-se glicocorticóide. Os corticóides são responsáveis por diversos mecanismos regulatórios que proporcionam, em última análise, um equilíbrio orgânico diante das diversas situações de estresse que o organismo se depara no dia-a-dia.
Assim resumindo, suas funções são:
- Metabolismo intermediário dos açúcares, gorduras e proteínas: eles aumentam a quebra de proteínas para que sejam transformadas em glicose pelo fígado, produzindo assim, a melhor fonte de energia utilizada pelo organismo. Levam, por isso, a um aumento da glicose sangüínea. Levam também a um aumento das gorduras sangüíneas, para que possam ser utilizadas pelos tecidos na produção de energia. Ou seja, ele disponibiliza ingredientes ao corpo humano, para produção de energia.
- Mantém o tônus dos vasos sangüíneos:sem eles, os vasos se dilatam e o sangue não consegue chegar aos órgãos levando a um colapso circulatório, parada cardíaca e morte;
- Tem também uma ação no volume de água corporal que é menor que os mineralocorticóides.
- Têm um efeito inibidor das células de defesa do organismo o que leva a propriedades antiinflamatórias. Esse é o principal efeito utilizado no seu uso exógeno (através de remédios). Enfim, é um hormônio que propicia condições para que o organismo responda estresses de diferentes causas (infecções, lesão traumática, queimaduras, hemorragias, dor, situação de medo e luta, etc). Sua ausência nessas situações pode levar ao colapso circulatório ou endócrino-metabólico (falta de energia) e morte subseqüente.

Fonte:http://boasaude.uol.com.br/

PESAGEM...

Olá gente querida!

Fui me pesar hoje... após o café da manhã... rsrsrrs... e não emagreci nada mais... mas também não aumentei...
Fico "de boa" já que no inverno aqui no sul a tendência é comer mais que nas outras estações...

Beijinho...



segunda-feira, 27 de julho de 2009

Cheia de roupa... kkkk...

TÔ GELAAAADA!!! Muito, muito frio... que que é isso gente??? Nunca senti tanto frio, e olha que tenho reservas de gordura suficientes para fazer uma camada de proteção que, pelo jeito tá furando... hehehe...
Sabe, uma amiga postou em seu blog que teria engordado em consequência de estar tomando cortisona... E sabem de uma coisa??? É a mais pura verdade... corticóides incham muito... e falando nisso, muito do peso que tenho é devido ao uso de dexametasona, que por longos tempos tomei, depois da minha primeira gravidez.
O que não contei ainda aqui é que possuo uma alergia a certos tipos de alimentos, ao pó, ao frio, ao calor, que sei eu... é tanta coisa que nem mesmo sei bem... O detalhe é que se eu fosse ficar controlando tudo não teria alergia e certamente não estaria tão "fofucha"... Mas quem aguenta ficar sem comer NUNCA um chocolate, por exemplo??? Sim, sou alérgica a esta delícia também... a vários tipos de frutas, e aos tais corantes vermelho e amarelo presentes em alguns alimentos industrializados...
Condimentos como pimenta do reino, pimenta malagueta... não posso!! O catchup, a mostarda??? Não posso!!! Mesmo o tomate da salada sem nenhum tempero me dá vermelhidão em certas partes do corpo e tremenda coceira...
Mas, eliminei a cortisona da minha vida, agora uso somente anti-histamínicos e cremes... e quem sabe tudinho o que inchei e engordei "evapore"... rsrsrrsrs... Mas se fizer calor, pois nesse frio nem pensar...
Não consigo sair à rua sequer pra caminhadas...
Bem, mas depois sigo contando um pouco mais d que ando fazendo por aqui pra atingir a
minha meta...

sábado, 25 de julho de 2009

O frio tá grande aqui...

E com o frio as gripes aumentam... Nossa, aqui fez - de 4ºC NEGATIVOS, e por enquanto livre da gripe... hahaha...
Bom, com a baixa temperatura e o calor de uma lareira, as tentações para aperitivos são grandes, mas nós aqui estamos no controle... a fome está congelada também...
Passei hoje pra registrar que fiquei devendo à balança... não saí de casa! Fiquei na boa, na frente da tv, no sofá, no quarto... com as crianças!! Fiquei sumbizando pela casa com sono mesmo e frio!! Fome? Te devo!!! Rsrsrsr..., mas quando a gente tem família, é claro que precisa alimentá-la!!!

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Boa tardeeeee!!

Acordei hoje bem mais animada, pois iniciei umas atividades para os braços com pesinho e fiquei toda doída... kkkk... Isso é que dá gordura sedentária!!!
Bem, mas estou reiniciando ao menos aos pouquinhos... e vou devagar já que da última vez quis fazer como quando "eu podia" (era beeeeem mais magra e "quase atleta"...hahah...) e o reultado: "rebentei" a coluna e não pude andar direito sem ter que usar remédio...
O frio aqui está grande, à noite até zeraram os termômetros, isso se não foi negativo... mas em compensação minha disposição aumentou...
Sabe, desde que fiz minha restrição, dieta, ou sei lá como quiserem chamar, pois não houve nenhuma RA verdadeira, senão eu estaria magérrima...rsrsrsr... nós paramos com tudooo... e isso faz um tempão... mas o detalhe é que não voltei a engordar como quando cheguei ao peso máximo... (128kg). Sei que se tivesse seguido a nutricionista estaria mais magra, mas foi o tal negócio de resolver fazer as coisas às pressas, ficar calculando e visualizando o menor peso para daqui um tempo e piriri e pororó... o desânimo bateu pra dieta e não deu em nenos nada. Dos 14 kg que cheguei a emagrecer contabilizo agora apenas 11 eliminados...
Tá, vou eliminar todo o resto, mas com bem menos restrições e seguindo com a qualidade de alimentos que já adotamos, porém as quantidades e os horários serão avaliados e reavaliados.
Admiro quem resolveu fazer redução no estômago e tal, mas eu não teria tal coragem. Não poder jamais comer algo que dê prazer na quantidade que quiser (sem explodir, é claro!!!haha) é demais pra mim por enquanto... e eu teria que sofrer de vários problemas para isso, e não tenho nada: pressão normal, "cabeça" normal, e tudo o mais, só os " à mais" são mesmo os meus lipídeos... na barriga, nas pernas, nos braços, e acreditem: tenho seios... o que nunca tive... hahahaha...
Preciso me concentrar na atividade física... e tentar equilibrar tudo por aqui, já que com os filhos em férias a bagunça é grande!!!
Um grande abraço às meninas que tem vindo aqui visitar!!! Espero que consiga mostrar que também tenho força de vontade quando o assunto é ELIMINAR CALORIAS. Alto-astral gordinha ou não é algo fundamental para captar da vida os bons fluídos!!!!

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Isso eu posso...

Patê de Ervilha com Parmesão
Patê de Ervilha com Parmesão



Bom demais!!!!Hum!!!

Cozinhando rápido e light

Fritada com Mais Legumes que Ovos
Fritada com Mais Legumes que Ovos

FRUTAS

As frutas são alimentos que não podem faltar na nossa alimentação, pela energia que elas fornecem e por suas vitaminas. Toda fruta tem uma fonte de vitaminas.
Além da energia e vitamina, as frutas também nos fornecem bens medicinais, tem algumas frutas que para um determinado caso, acaba se saindo melhor do que um remédio.
Abaixo segue algumas frutas e quais as vitaminas que elas possuem.
Frutas e suas Vitaminas
Abacate: Rico em vitamina E.
Abacaxi: Vitaminas C, B1 e A.
Banana: Vitaminas A, B1, B2 e C.
Laranja: Rica em vitamina C.
Limão: Vitaminas C e complexo B.
Maçã: Vitaminas B1 e B2.
Mamão: Vitaminas A, C e do complexo B.
Maracujá: Vitaminas A, C e do complexo B.
Melancia: Vitaminas complexo B, A e C.
Melão: Rico em vitaminas A, C e do complexo B.
Morango: Rico em vitamina C.
Pêra: Vitaminas A, C e complexo B.
Uva: Vitaminas complexo B e C.

Oi...

Como recomecei (pra variar) um controle na minha alimentação nesse sábado passado fui me pesar... e não consegui esperar o próximo sábado para ver se as coisas estão indo bem, já que não segui bem à risca o que estava pretendendo... e nem vou seguir, pois queria fazer uma dieta restritiva e não é possível ficar sem frutas neste inverno, por exemplo, já que o frio aqui tá grande e as gripes soltas no ar!!!!
Sem vitamina C não dá e a dieta que eu queria seguir durante um mês restringia frutas, então... nada feito, mas...
MENOS 1,3 kg na balança. Sei que não é muito, porém devagar... vou longe...e espero que em uma constante...rsrsrsrsrrs...
Beijinho meninada!

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Dia do amigo

imagens para octopop

Beijokas!!!

O Domingo... ओ डोमिंगो...

Bem, ontem foi exatamente assim: - A dieta começa amanhã!!!
बम, ओंतेम फोई एक्सातामेंते अस्सिम: - अ दिएता इनिचिया सेगुन्दा-फेइरा!
Mas quando a gente extrapola em um dia, no outro temos que voltar ao ritmo normal, não é?
मास कुएंदो अ जनते एक्स्त्रपोला एम् उम दिया, नो ओउत्रो तेमोस कुए वोल्टर औ रित्मो नोर्मल, एस्टु सरतो?

sexta-feira, 17 de julho de 2009

A todos que me visitam... अ तोडोस कुए में विसितम...


BEIJOS!!! बेईजोस!!!

A FOME DO GORDO TÁ NO OLHO...



Nossa, quando a gente está com sobrepeso (hihihi... para ser mais delicada com a gordura...)acredito que nossa mente está terrivelmente afetada por ansiedade, medos, preconceitos e tanta coisa negativa... e o que a maioria de nós tende a fazer é assimilar tudo isso em uma compulsão voraz... tô certa gente?


Pra emagrecer é preciso não se sentir negativa porque está com sobrepeso, mas buscar forças no otimismo pra se livrar dele. Gente, tô falando isso por mim ... sou uma gordinha feliz, pois não sofro problemas maiores com minha obesidade (Ainda...!Sei disso!) e tenho apoio em todos os momentos... mas também quero muito diminuir mais peso, não pensem vocês... Eliminei 11 kg, engordei alguns outros, então na verdade foram + ou - 8kg a menos na balança... o importante é que não me sinto frustrada e que não desconte na comida por não ter chegado lá! Se em um dia como demais, no outro não posso cair nesse desatino!! Haha...


E exercício, seja ele qual for... eu tento os meus... em pensamento já sou quase atleta (hahaha), mas é preciso o primeiro passo... Me sinto presa pelos filhos, pela rotina, a casa, o estudo... e às vezes eu mesma tendo a me sabotar... perco tempo com um sentimento de cansaço... (não é nem o cansaço físico... é o psicológico que às vezes entra em colapso...) e não faço coisa alguma porque a mente cansada não permite... Então revejo o que é preciso pra melhorar, já que se a gente se põe o tempo todo assim acabamos por perder é tudo... e a vida sai dos eixos... há que ter controle... e assim vou levando... mas a maior parte do tempo, meu "eu" me permite ver a vida de forma colorida...


Andei sentindo muita vontade de sair pra dançar, de fazer outras atividades como no passado eu fazia... e até saí um pouco, mas porém hoje é impossível viver como no passado, já que tenho outras prioridades... Falando nisso... uma coisa pra lá de importante: valorização!!!Essa questão da valorização é que desperta em nós todas essas coisas boas e as "encrencas" que também criamos pra nós... Sabe por que, isso? Tudo depende do valor que dás a determinada coisa, situação ou sentimento.


Qual a coisa mais importante? Emagrecer pra ser bonita ou pra ter mais saúde? Emagrecer por nós ou para que os outros nos vejam e nos considerem bonita? Qual o nosso maior desejo? O que já fizemos para atingir isso? E o que deu certo? Devemos nos rcom o que os outros pensam?


Se tudo fosse problema, não poderíamos sequer respirar? O ar trás viroses, infermidades... assim como às vezes parece estar nosso espírito... doente.


Lindo é fazer o que se gosta, perguntar pra si e não aos outros... Olhar no espelho e procurar ver não só o que os anos levam, mas as coisas boas que nos acarretam... Certamente temos muitos momentos ma-ra-vi-lho-sos pra lembrar... E também se nascemos guerreiras, foi pra lutar!!! Eu acredito no "Ser Supremo" (independente de religião) e na sua bondade... e que estamos aqui pra evoluir... Nós mulheres em maioria somos cheias dessa capacidade, o que falta às vezes é apoio e determinação!!!


Encaro a vida pelo lado melhor, quando não estou muito bem me esforço pra ver o ponto mais positivo e RE-CO-ME-ÇO!!! A vida é assim... o sol nasce todos os dias, mesmo que na cabeça da gente tenha nuvem, né?


E como diz o título, a fome do gordo está no olho... Se os olhos não virem, os estômago não pede!!!! Kkkkkkkk...

Um pouco mais da minha história...

Quando engravidei do 1º filho estava com 82 kg, fui aos 95 kg e ao final da gravidez estava com 86 kg (não pergunta como...rsrsrrsrs...) já do meu 2º eu engravidei pesando 120 kg, mas não engordei nadinha... ao contrário, emagreci 15 kg. Enjoei do início ao fim... O problema pra mim foi sempre o depois, pois como tenho uma alergia chata (de certos alimento e várias outras coisas) e às vezes tomo medicamentos com cortisona... a alergia ficou mais forte após a gravidez... E eu enlouqueci tomando corticóides... (Fui ao milhão no peso...!!!) daí cheguei aos 128 kg...que para meus 1,66 cm de altura é muuuuuita coisa...

Sabe... todo o mundo se frustra, se decepciona, mas a forma como encarar isso faz toda a diferença!!! Se não deu certo aquela proposta de emprego, um amor chegou ao fim, um plano furou... sei lá, eu sempre parei, mesmo que ficasse triste e até chorasse algumas vezes, e pensei que se não deu, não era pra ser e se ainda não foi é porque algo de melhor está reservado pra mim... Isso anima a não desistir... Agora, se ao contrário, a gente fica pensando que esse ou aquele problema era a "última bolachinha do pacote" e não há mais como... então, aí está criado o maior problema mesmo... pois geramos ansiedade, frustração, desânimo... e muitos outros sentimentos ruins que não levam a nada...
Um provérbio chinês nos diz: "Não podemos evitar que os pássaros da tristeza sobrevoem nossas cabeças, mas podemos impedir que se aninhem em nossos cabelos".
E isso é muito verdade, ao menos pra mim! Tenho sido muito feliz assim, mesmo com altos e baixos que todos temos na vida!!! Aprendi a agradecer por tudo e ver o lado bom em tudo, pois pensando negativamente só o que se pode dizer é que não há nada tão ruim que não possa piorar... E isso certamente seria desastroso!!!

Momentos ruins, todos temos... mas, com ajuda um dos outros, dando apoio e incentivo tudo vai entrando nos eixos... até nosso organismo vai se dando conta de que nos amando, não há tanto espaço pra armazenar comida!!!Rsrsrsrs...

Voltando ao controle...



Pois é, reiniciei minha RA, feliz e contente... no momento não estou fazendo muitos exercícios, apenas a minha ergométrica que está até querendo se movimentar mais, a coitada!!! O que não ajuda é o corre-corre com estudos, filhos pequenos, casa, marido, condomínio (pois estou na função de síndica por aqui...e dá-lhe "stress"...). Isso faz parte, né? Nas férias fui ao clube e tentei a natação que há tanto tempo parei, mas nada... É a velha história: fazia tudo, step, musculação, natação e aeróbica... parei tudo... a casa caiu... Mas agora a gente reconstrói, mesmo que aos poucos... A última dieta que fiz sob controle nutricional era de restrição de carboidratos, de uma nutricionista argentina que amei de paixão... hehe ... porque conseguiu aos poucos o que muitos não conseguiram... Emagrecer ao mesmo tempo marido e esposa por aqui... o detalhe é que dieta restritiva a gente não pode continuar por muito tempo porque enjoa, daí acabamos deixando de lado.
Mas o importante é a gente ter consciência de onde viemos e onde queremos chegar, né? Assim não dá pra ficar acomodado... Não se pode sonhar acordada, mas lutar por esse sonho ou objetivo...já que vida está aí, mas não é ela quem vai viver por nós, não é mesmo?
E vamos que vamos... firmes e fortes... Beijos.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

O que é cromo ?

Alguns cientistas catalogaram o cromo como "o milagre médico dos anos 90", o uso de suplementos diários desse mineral previne diabetes, queima gordura e acelera a perda de peso. Ele ajuda o organismo a utilizar de forma mais eficaz a insulina e a manter os níveis normais de açúcar (glicose) no sangue. A suplementação de cromo pode impedir a ocorrência de diabete tipo 2 em pessoas com resistência à insulina.

O cromo é um mineral oligoelemento que tem várias apresentações químicas. Em geral, o suplementos contêm picolinato de cromo ou polinicotinato de cromo. Um outro tipo de cromo denominado ácido dinicotínico cromo glutationa é encontrado no levedo de cerveja. A ingestão de suplementos pode valer a pena porque muitas pessoas hoje em dia não obtêm cromo suficiente de suas alimentações.

O que faz o cromo ?

O cromo auxilia o organismo a utilizar a insulina, um hormônio que transfere o açúcar do sangue (glicose) para as células onde é usado como combustível. Quando existe cromo suficiente, o corpo humano utiliza a insulina de forma eficiente e mantém níveis sanguíneos normais de glicose. Além disso, o cromo ajuda no processamento de proteínas para o aumento de massa muscular e na perda de peso como queimador de gorduras.

O cromo na prevenção...

A obtenção de cromo suficiente pode impedir a ocorrência de diabete em pessoas com resistência insulina. Nessas pessoas, o corpo torna-se menos sensível aos efeitos da insulina, de modo que o pâncreas precisa produzir mais e mais insulina para manter sob controle os níveis de glicose (açúcar) no sangue. Quando o pâncreas não consegue mais atender às demandas extras de insulina do organismo, surge então o diabete melito do tipo 2. O cromo pode evitar essa evolução ajudando o corpo a usar de forma mais eficaz a insulina. O cromo interfere no metabolismo das gorduras, de modo que diminui os níveis de colesterol LDL ("mau") e aumenta os níveis de colesterol HDL ("bom"), reduzindo assim o risco de doenças cardíacas.

ATENÇÃO: Pessoas diabéticas devem conversar com seus médicos antes de tomar suplementos de cromo. Esse mineral pode causar modificações nas doses de insulina ou de outros medicamentos para o diabete.


ESPERO que eu não tenha alergia ao Picolinato, pois durante 30 dias vou fazer uso para ver realmente se vai ajudar nos meus propósitos aqui...

Um pouco de mim...

Até que enfim estou aprendendo a preparar uma excelente feijoada em minha panela de pressão que é essa vida... (se Deus quiser... e por Ele acredito que tudo bem!!!rsrs), pois depois que criei este "cantinho" (onde posso expandir minhas idéias e meu aprendizado sobre mim mesma e dos outros...)muita coisa melhorou e onde vou chegar com isso ainda não sei, mas como tenho certeza que não vim neste mundo simplesmente a passeio... rsrs - tentarei realmente agregar mais "alimentos à alma" na busca de minha borboleta azul...
Estou buscando sim, chegar a um lugar que nem mesmo eu imagino qual seja, pois além de emagrecer, e me sentir mais contente comigo, quero poder trazer junto à minha felicidade aqueles que gosto, mesmo que sem conhecer de perto... E nesse mundo virtual que acompanho junto à minha realidade, existem muitas pessoas especiais que agregam e outras ainda que necessitam amigos que as tragam pra cima, tirem ao menos do buraco fundo de tristeza que se colocaram... E isso tento fazer, mesmo sendo ainda bastante leiga na arte de abordar assuntos que nos ajudam a fazer dessa vida um lugar mais feliz pra mim e os demais!!

E vamos que vamos...

Focando objetivos...

Meus focos:
- eliminar o que causa alergia na alimentação
- evitar carboidratos
- fazer atividade física constante

De forma objetiva, como pretendo alcançar minhas metas? Por exemplo, quais os alimentos que precisam ser eliminados, evitando alergia? De que forma pretendo evitar carboidratos... comê-los quantas vezes por semana e quais carboidratos serão priorizados? E por aí vai...
Como diz uma amiga "O registro facilita o caminho da realização, pois cria compromisso".

Bem, até um tempo atrás eu estava assim: (DEPOIMENTO RETIRADO DA COMU QUE PARTICIPO...)

"Desfocando meu foco...
Ai! Estou tão maluca na função casa, filhos, estudo, concurso, marido, estudo, dieta, exercício, que não estou conseguindo focar nada... Quando penso fazer algo surge outra coisa dando prioridade no lugar...
O que sei é que emagreci, na real no "sanfonar da carruagem" 11kg, mas não saio disso...
Se combino caminhada, aparecem as tais rachadurinhas nos pés pela pele ressecada que dão uma dorzinha infernal e tiram a vontade de exercício. Se penso seguir esta ou aquela dieta alguma coisa acontece que acaba atrapalhando... Ou é o horário que está dificil para manter, pois a gente acaba pulando uma refeição ou outra porque tem o filho que vai cedo pra escola, tem que vestir, dar café, ver a roupa pra troca se sujar na pracinha da escola, o funcionário do condomínio que chama pra ver um probleminha, o almoço ue tem que sair, minha alergia que me irrita...
Não posso comer nada com corante vermelho ou amarelo, não posso comer linguiça, salame, salsicha, morango, uva, abacaxi, amora, pitanga, tomate, pimenta, alecrim, condimentos fortes. Mostarda nem pensar, catchup putz... Chocolate... Não posso comer carne de porco, presunto e nada do tipo... mesmo salsichão de frango me daria alergia... Não sou alérgica a frango!!!
Sou alérgica ao pó, e portanto tenho dermatite de contato ao usar paninho de pó para limpeza... Luvas para lavar a louça na pia me dão alergia, o sabão e o detergente também... Porém a louça suja me enlouquece!!!Rsrsrsrs... Ao tomar banho deveria usar sabonete tipo o "Oilatum" pois os demais, ajudam a alergia... Se tomo antiistamínico, morro de sono... aí não posso estudar... afff!!! O marido reclama que tenho "muuuuuito sono"...
Sei que o meu foco é o estudo... mas não estou conseguindoooooo... vem o filho que quer ajuda com o tema da escola e o vizinho que toca o interfone...
Tô cansada hoje... mas vou "focar meu desfocamento" e tentar passar de efefante marinho à foquinha... rsrsrsrsrs...
Volto aqui depois, senão vcs vão ficar contaminadas com minha maluquice beleza!!! KKKKK."


AGORA...
vou exercitar o corpo na ergométrica;
adotei o Picolinato de Cromo;
Reduzi a quantidade de pães e massas;
Tenho a colaboração mais ativa do maridão;
Vou fazer um curso para concurso à noite, depois que os filhos já estiverem DORMINDOOOOO...

Beijos!

Mensagem...


Recebi esta mensagem de uma amiga e resolvi postar aqui pra todas nós... desconheço o autor...


Vozes do Espírito

Deus é meu Pai.

A Natureza é minha Mãe.

O Universo é meu Caminho.

A Eternidade é meu Reino.

A Imortalidade é minha Vida.

A Mente é meu Lar.

O Coração é meu Templo.

A Verdade é meu Culto.

O Amor é minha Lei.

A Forma em sí é minha Manifestação.

A Consciência é meu Guia.

A Paz é meu Abrigo.

A Experiência é minha Escola.

O Obstáculo é minha Lição.

A Dificuldade é meu Estímulo.

A Alegria é meu Cântico.

A Dor é meu Aviso.

A Luz é minha Realização.

O Trabalho a minha Benção.

O Amigo é meu Companheiro.

O Adversário é meu Instrutor.

O Próximo é meu Irmão.

A Luta é minha Oportunidade.

O Passado a minha Advertência.

O Presente a minha Realidade.

O Futuro a minha Promessa.

O Equilíbrio é minha Atitude.

A Ordem é minha Senha.

A Beleza é meu Ideal.

A Perfeição é o meu Destino...


quarta-feira, 15 de julho de 2009

Pra pensar...

A obesidade atrapalha a muita gente, pode causar transtornos à saúde, ao psicológico, enfim... toda a pessoa obesa sabe ou ao menos deveria saber qual a sua situação frente ao peso acima do normal...
Mas e quando pega o lado psicológico ou afetivo do ser? É uma pergunta que me faço, já que embora eu esteja bem acima do meu peso normal encaro numa boa tudo. Estou gorda, é fato. Se a saúde fosse um problema, já teria emagrecido... isso é certo. (Ou ao menos encararia tudo com mais rigor... dieta, RA, cirurgia, ou o que fosse preciso!!!)

Só me ponho no lugar de mulheres com menor idade ou a mesma minha, que enfrentam dificuldades em casa, na família, com marido e filhos por ser a "Mãe gorda" ou a "Feiona" (Fiona) da casa... Credo gente!!!
Como podem filhos e marido, ou namorado, sei lá, interferir no amor que uma de nós possa ter por si mesma... o que mais importa ou deveria importar é o EU interior e o amor-próprio, não?

Se não se gosta da gente como se está, é um segundo assunto, mas não creio jamais que uma mulher por ser gordinha não deva ter qualidades e outras tantas atribuições que encantem as pessoas que não somente o físico. Este deveria influenciar apenas quanto à saúde, e até mesmo para que a pessoa pudesse se sentir melhor quanto a aparência, mas focar a vida nos modismos sociais e culturais por vezes impostos, é loucura... Tanta mulher cheinha e bonita e quanta magrinha problemática!!!!

E na família? Por que mães ainda permitem que os próprios filhos e marido a tratem com menosprezo por estar acima do peso? Por que tanta falta de insentivo e carinho para com os seus?

As pessoas estão com um problema ainda maior a enfrentar que a própria obesidade alheia: a falta de educação...

Uma amiga desabafou seus problemas com a casa, a família e as atitudes destes para com ela e fiquei pasma!!! Pois nós é que educamos nossas crianças, nós também é que devemos mostrar não só em casa, como no trabalho, na rua que não somos diferentes...
"Quem se sente diferente é tratado como diferente", por isso está mais que na hora de todos os gordinhos buscarem sim a meta que cada um se atribui quanto ao peso ou à vida, mas também lembrar que a discriminação começa além de tudo em casa, mais precisamente na frente do espelho...





O ESPELHO NÃO É INIMIGO, é sim O MELHOR AMIGO que se pode ter, pois ele nos mostra o que devemos enxergar, afim de melhorar o que não está bom e evidenciar aquilo que temos de melhor em nós!!!


Sou feliz por ter uma família linda e unida!!! Nós aqui em casa, eu, meu marido e meus filhos procuramos nos apoiar, estar junto e contar um com os outros, sempre levando em conta o sentimento um dos outros. Afinal, quando os problemas surgem é com a família que a maioria irá contar...


Deixo meu carinho a cada um!!!

segunda-feira, 13 de julho de 2009

As novidades no mundo das dietas

Hambúrguer frito, bacon crocante, queijo super gorduroso e o mínimo de alface. Será possível chamar isso de regime? Difícil acreditar, mas é possível. É uma dieta criada há 30 anos pelo médico americano Robert Atkins. Ela elimina os carboidratos, ou seja, açúcares, massas, pães, farinhas e grãos. Libera justamente as grandes vilãs da medicina, as gorduras.

Como funciona? "Qualquer dieta, por mais cretina que seja, sempre dá certo a curto prazo", diz o sueco Stephan Rossner, especialista em obesidade.

"Como ela restringe aqueles alimentos que são comuns no dia-a-dia, ela acaba trazendo uma baixa adesão. A pessoa acaba desistindo de fazer essa dieta rápido", avalia a nutricionista Mônica Beyruti.

"Se o Atkins viesse a um congresso mostrar resultados com pacientes acompanhados por quatro anos, ele seria convidado de honra", afirma Rossner.

O maior congresso mundial de obesidade aconteceu esta semana em São Paulo. Estava lá o irreverente doutor Rossner, que até já apresentou na TV da Suécia um programa de culinária. Já Atkins não deu as caras. Em compensação, ele aparece cada vez mais em algumas das revistas mais conhecidas do mundo.

Teoricamente, emagrecer é fácil. Uma simples questão matemática. Basta a pessoa comer menos calorias do que ela gasta. Mas se ela comer mais do que gasta, o excesso vira gordura. Por quê?

O respeitado médico britânico Philippe James, que também veio para o congresso em São Paulo, explica que nosso cérebro fica muito feliz quando engordamos, de tanto que sofreu ao longo da evolução do homem, em situações desesperadoras de falta de comida.

O sueco Rossner completa: "A evolução selecionou os indivíduos que sobreviviam porque estocavam energia dentro do corpo, ou seja, acumulavam gordura. Mas como nos dias de hoje existe muita comida disponível 24 horas por dia, nosso organismo não sabe lidar com isso".

Explicando melhor, emagrecer é contra a natureza. O cérebro manda o organismo acumular gordura, com medo de uma época de escassez. Por isso é tão difícil emagrecer. E por isso existem tantas dietas, várias delas radicais.

Como esta, que corta impiedosamente as gorduras. "A principal desvantagem é que ela corta tanto as gorduras, que acaba cortando também as gorduras necessárias, como as presentes no azeite de olina, no óleo de canola, na azeitona", explica Mônica.

Mas se a dieta que libera as gorduras, a do doutor Atkins, não é a ideal, e que corta as gorduras também tem problemas, o que fazer? A resposta: comer um pouco de tudo. Como este prato com arroz, feijão, alface, tomate e frango grelhado. "Ela não é monótona, faz com que o paciente tenha maior adesão à dieta. Só que para perder peso, ela vai se dar a longo prazo, mas ela vai trazer como conseqüência, uma manutenção do peso", diz a nutricionista.

Só que para perder peso, a gente sabe, não basta comer menos. Exercício é fundamental. Mas quanto? De acordo com os especialistas, o resultado mais importante apresentado no congresso tem a ver com justamente com atividade física, aquilo que tanta gente faz com a esperança de perder peso. Segundo os novos resultados, aquela meia hora diária de exercício que os médicos costumavam recomendar não é suficiente. Quem quiser emagrecer de verdade terá que se esforçar muito mais.

"Trinta minutos por dia é muito pouco. A pessoa teria que fazer, pelo menos, sessenta minutos por dia para poder, com o exercício, ajudar a perder peso", avisa Marcio Mancini, presidente da Associação Brasileira de Estudos da Obesidade.

Dieta equilibrada, atividade física, até aí estamos num mundo ideal. Mas e no dia-a-dia de verdade, o que se pode ou não fazer?

Comer carboidrato à noite engorda? "Não faz diferença se você come carboidrato de manhã ou à noite, o que vale é o balanceamento entre carboidrato, proteína, gordura e o número de calorias que você está comendo", desmistifica Mancini.

Comer antes de ir para cama engorda? "Vai depender do número de calorias que você gastou durante o dia e comeu durante o dia. O que vale é o balanço de quanto entrou e quanto queimou nas 24 horas".

"Tomar líquidos durante as refeições não é recomendável. Mas também não se deve proibir. Até um copo de água nas refeições está perfeito".

Frutas estão liberadas? "Você pode comer uma quantidade razoável de frutas por dia. Digamos cinco ou seis porções de frutas por dia. O ideal é que essas frutas não sejam comidas de uma vez, que sejam distribuídas durante o dia".

Sucos de frutas, tudo bem? "Suco de fruta já é algo que você deve tomar cuidado. Se o dia estiver quente e você estiver com sede, pode ingerir uma grande quantidade de calorias tomando suco de laranja, por exemplo. Melhor optar pelo maracujá, pela limonada, ou pelo suco de acerola, que têm menos calorias".

Se o senhor tivesse que fazer uma recomendação de dieta, qual seria? "Substitua a gordura por comidas ricas em fibras, como frutas, legumes, verduras, pão integral. Isso faz um bom volume no prato, mata a fome e têm poucas calorias", define Rossner.

"Nunca coma em pé ou vendo televisão. Você se distrai e não percebe que está comendo demais", recomenda Philippe.

Hoje se sabe que 70% da obesidade tem origem genética. O que dá novas esperanças para aqueles cujos genes não ajudam na hora das dietas. "No futuro vai se colher o sangue do paciente, vai ter um perfil de todos os genes, você vai ajustar pela genética o medicamento ideal para a pessoa que está precisando", prevê Mancini.

Talvez o futuro seja como no filme "O Dorminhoco", em que Woody Allen acorda no ano de 2073, quando as gorduras são consideradas saudáveis. Já pensou?

Fonte: http://fantastico.globo.com

Um presente a quem lê...




Resolvi deixar um presente a todos que lerem esse espaço por aqui... Acredito que sendo mulheres todas gostam do perfume, da cor e do significado que representa, seja amizade, amor, carinho ou mesmo um "Oi! Que a partir de hoje teu dia seja cada vez melhor"...




sábado, 11 de julho de 2009

Autoajuda ‘não beneficia pessoas com baixa autoestima’

Repetir frases positivas faz parte de algumas terapias.
Repetir pensamentos positivos para si pode acabar tendo efeito contrário ao desejado em indivíduos com baixa autoestima, afirma um estudo de pesquisadores canadenses.
Segundo o estudo, frases encorajadoras e positivas a respeito de si funcionam apenas para quem já tem autoestima alta.
Os pesquisadores das universidades de Waterloo e de New Brunswick pediram a participantes do seu projeto que repetissem para si mesmos a frase “sou uma pessoa adorável”. Depois, eles analisaram a impressão dos participantes sobre si.
No grupo com baixa autoestima, os que tentaram este recurso de autoajuda se sentiram piores do que antes. Já pessoas com alta autoestima se sentiram – levemente – melhores após repetir o mantra positivo.
Os psicólogos pediram então que os participantes listassem pensamentos positivos e negativos a respeito de si. Eles descobriram que, paradoxalmente, aqueles com baixa autoestima se sentiam melhor quando podiam ter pensamentos negativos a respeito de si, e não quando eram obrigados a se focar nos pontos positivos.
Em um artigo na revista científica Psychological Science, os cientistas sugerem que, assim como elogios exagerados, asseverações puramente positivas tais como “eu me aceito completamente” podem produzir pensamentos contraditórios em indivíduos com baixa autoestima.
“Repetir afirmações positivas pode beneficiar algumas pessoas, como indivíduos com alta autoestima, mas sair pela culatra no caso das pessoas que mais precisam deles”, afirmou a psicóloga que coordenou a pesquisa, Joanne Wood.
Ela destacou, entretanto, que os pensamentos positivos funcionam como parte de uma terapia mais ampla.
A ideia de que as pessoas devem “se ajudar” a fim de se sentir melhor foi elaborada há 150 anos pelo médico escocês Samuel Smiles. Seu livro sobre o tema, que trazia orientações como “os céus ajudam aqueles que se ajudam”, vendeu 250 mil cópias.
Hoje, o negócio da autoajuda virou uma indústria multibilionária.
Fonte: BBC

Às pessoas que já queria bem, e aos novos que chegam...


sexta-feira, 10 de julho de 2009

Meu muito obrigada...

Às meninas queridas que tem postado aqui seus comentários o meu agradecimento pela visita, pelo insentivo e tal...
Adorei mesmo saber sobre vocês em seus blogs e ver que apesar de correr contra os quilinhos que insistem em torrar a paciência de muitas de nós, ainda temos determinação e coragem para modificar tudo o que não nos parece ideal, com sorriso no rosto.
Beijo em todas e bola pra frente!!!!


quarta-feira, 8 de julho de 2009

SELINHO


Recebi este selinho de uma menina especial que acredito que conseguirá atingir suas metas, pois é determinada! AMEI O SELO! OBRIGADA!!!

As regras são:

1) Publicar o selinho e indicar o blog que o repassou. Então, o Blog é: Hoje sou uma mariposa, amanhã serei a borboleta.
2) Responder o questionário abaixo:

1- Você é casada?Sim.

2-Tem quantos filhos?Dois meninos.

3. Fuma?Não.

4. Bebe?Raramente em algum momento social.

5. Tem compulsão por algum tipo de comida?Pães argentinos. (rsrsrsrs)

6. Prefere Calor ou Frio?Frio para estar em casa ou na companhia de amigos, mas o calor também é ótimo para viajar e passear com a família.

7. Prefere Doce ou Salgado?Salgado.

8. Qual sua profissão?Sou professora de magistério e curso Letras.

9. Ultimo filme que você viu?Como vejo muitos filmes, lembro os nomes raramente... kkkkk...

10. Qual foi o dia mais feliz da sua vida?Não lembro desse dia, mas o mais feliz acredito que tenha sido meu nascimento, já que tive muitos momentos felizes em minha vida até então.

3) Indicar 5 blogueiras merecedoras do selinho e avisá-las.
Cris Fênix
Adriana
Drikka
Maristela e
Vanessa

Rotina...

A rotina prende, incomoda e cansa... por isso estou um pouco sem vontade de postar nada aqui no blog, já que meu hoje foi bem parecido com o dia de ontem... rsrsrsrrsrs... com exceção de uma única coisa... porque meu amor trouxe muitas verduras e frutas pra casa na hora em que foi ao mercado.

Sei que muito do que nos propusemos como pais, condiz com essa rotina e depende nosso futuro melhor o aceitar essas condições, mas tem momento em que dá uma vontade enorme de mudar tudo... hahaha... mas o tempo não para e os filhos já estão crescendo também, então temos que pensar neles e não somente em nós.

Bem... deixo a vocês o meu carinho!!!



segunda-feira, 6 de julho de 2009

Agradecendo...

Oi, pessoal!!

Hoje o que posso fazer é agradecer as visitinhas que tenho recebido e os comentários legais que já foram postados aqui.

O que mais gosto é isso: poder ser quem sou e dividir com os outros meu bom astral independente de qualquer adversidade que a vida apresente!!! Eu ganho e mais alguém pode ganhar... rsrsrsr...

SINTAM-SE EM CASA POR AQUI!!!



quinta-feira, 2 de julho de 2009

Alimentos ricos em cromo afinam a cintura...

Emagreça com Saúde!Essa ação ocorre por duas razões: o mineral afasta a vontade de comer guloseimas e impede que o carboidrato vire gordura
por CARLA CONTE

Está comprovado: o cromo é capaz de reduzir a gordura corporal. E bem ali, onde é mais indesejada: no abdômen. Isso porque ajuda a diminuir drasticamente o desejo exagerado por doces, que viram moléculas que se concentram na barriga, e atua no controle do apetite -- duas façanhas que tornam o emagrecimento bem mais fácil. O cromo faz com que o carboidrato seja aproveitado como fonte de energia e não fique armazenado sob a forma de gordura, confirma a nutróloga Tamara Mazaracki, do Rio de Janeiro. Vários estudos apontam nessa direção. Um deles, realizado pelo Health and Medical Research Foundation, em San Antonio, nos Estados Unidos, e publicado no Journal Current Therapeutic Research, analisou 122 pacientes gordinhos. Uma parte deles tomou 400 mcg de cromo diariamente por três meses e a outra, apenas placebo. Ao final do período, a primeira turma havia perdido 2,8 quilos de gordura corporal, enquanto o restante do grupo emagreceu 1,5 quilo. Outra pesquisa americana mais recente, feita pela University of Vermont em parceria com a Louisiana State University, indica o mesmo resultado: a ingestão de cromo interfere positivamente na perda de peso.

MINERAL EM BAIXA, PONTEIROS EM ALTA

Quando há carência de cromo, o organismo entende que não há glicose suficiente em circulação. Daí dispara a mensagem para o hipotálamo, região do cérebro responsável pelo apetite, de que precisa de mais carboidratos para fazer a taxa de açúcar subir rapidamente. E onde eles estão? Nos doces, nos pães e nas massas. Só que, nesse caso, o nutriente que dá energia acaba se estocando já sabe aonde: bem ali, na linha da cintura. A menos que você capriche nos alimentos ricos no tal mineral. E investir em suas fontes é a única maneira de obtê-lo, já que o corpo não produz nada de cromo. Uma de suas melhores fontes é o levedo de cerveja, que pode ser acrescentado no suco de sua preferência, por exemplo. Porém, o mineral antibarriga também é encontrado em carnes (como frango e fígado), ovos, ostras, grãos integrais, germe-de-trigo, queijo, pimentão verde, banana, espinafre e pimenta-do-reino.

DE OLHO NA DOSE

Quem malha e transpira muito deve caprichar na quantidade de cromo, porque ele é eliminado pelo suor. Outro toque importante: o consumo exagerado de carboidratos simples (como balas, chocolate, batata, pão branco) reduz a cota de cromo disponível no organismo. E nada de tomar suplementos por conta própria. Em excesso, o cromo pode causar efeitos colaterais, como cansaço, perda de apetite, tendência a hematomas, náuseas, dores de cabeça, tonturas, alterações urinárias, sangramento nasal e reações cutâneas tipo urticária. A suplementação só vale se o organismo de fato estiver carente de cromo, o que só um teste de sangue, solicitado por um especialista, poderá revelar. Saiba, porém, que o principal sinal de que ele está em baixa é a compulsão por doces. Se o teor estiver normal, uma dieta caprichada é suficiente para se obter todos os benefícios, afirma Tamara.

OUTRAS BOAS RAZÕES PARA CAPRICHAR NO CROMO

Ajuda a reduzir o nível de colesterol ruim, o LDL
Reduz variações de humor, principalmente durante a TPM
Alivia sintomas de depressão
Melhora a fadiga
Aumenta a capacidade de o corpo ganhar massa muscular
Auxilia no tratamento do diabete tipo 2
Dá uma força no combate à celulite.

Fonte: http://saude.abril.com.br/edicoes/0300/corpo/conteudo_292981.shtml

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Pensando um pouco...

Estava agorinha mesmo pensando sobre a dieta "Dieta sem dieta" e do significado que o médico que a sugeriu nos quis mostrar... Se reprogramarmos o nosso cérebro para que haja diferente estaremos nos tornando então diferentes. Isso basicamente nos mostra que o consciente interfere no inconsciente de maneira tal que tudo poderá mudar, basta acreditar e por em prática. Nenhuma gordinha, que come isso ou aquilo, que não pratica exercício por preguiça ou seja a razão que for, e apenas fica sonhando e desejando que um milagre aconteça e leve embora seus indesejáveis "pneuzinhos" irá conseguir alguma coisa se não der o primeiro passo, embora ainda difícil pra muitos.

Poderia ficar aqui divagando sobre a obesidade, os meus e os demais motivos que nos levam a chegar onde chegamos, porém nada disso importa se a certeza de que é preciso mudar não estiver forte.

O efeito sanfona "véia" pega toda a gente que adota uma RA, uma restrição, uma dieta, ou seja o nome que se dar, e não der continuidade. Então o que é preciso fazer e pensar no porque de não haver persistência, firmeza de propósito.

Muitas mudanças já ocorreram em mim até chegar aqui, mas "dentro". E "fora", até diminui um pouco do tanto que cheguei a atingir, mas o processo foi interrompido e caiu no esquecimento. Agora, estou novamente disposta a correr atrás de buscar o encontro entre o eu interior e o exterior, então pernas pra que te quero e eliminar a adiposidade que tomou conta desse corpo que "Não me pertence"... rsrsrrsrsr...